Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/812
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: O uso de fotografias aéreas obtidas com o auxílio de RPAS para a determinação volumétrica de exploração mineral
Título(s) alternativo(s): The use of aerial photographs obtained with the aid of RPAS for the volumetric determination of mineral exploration
Autor(es): Magalhães, Arthur Rodrigues
Queiroz Junior, Antonio Carlos Vieira
Primeiro Orientador: Cortes, João Batista Ramos
metadata.dc.contributor.referee1: CORTES, João Batista Ramos
metadata.dc.contributor.referee2: RODRIGUES, Avilmar Antônio
metadata.dc.contributor.referee3: LIMA, Halan Faria
Resumo: Segundo o DNPM o brasil possui cerca de 8870 mineradoras, e o conhecimento do volume dos minérios extraídos é de extrema importância para as mineradoras, pois auxilia no transporte, na venda, na estocagem e é utilizado em todos os processos da mineração. E a determinação desse volume é feita com o levantamento topográfico, podendo ser substituído por técnicas mais rápidas como o aerolevantamento utilizando um RPAS. Portando o objetivo da pesquisa é avaliar a viabilidade de se determinar o volume utilizando fotografias de um aerolevantamento. A área de estudo é a pedreira Araguaia, onde foi determinado o volume de uma pilha de minério formada pelo material denominado filler. Foi realizado um levantamento topográfico, um voo circular e um voo cruzado. Foram distribuídos nove alvos pré-sinalizados, sendo cinco como apoio e quarto para verificação. No levantamento topográfico foi feito uma poligonal fechada que obteve um erro angular de 08” e um erro linear de 8,4 mm, e para modelar a pilha foram coletados 272 pontos. No aerolevantamento, o voo cruzado foi tomado 16 fotografias, com recobrimento longitudinal de 80% e lateral de 60%, com GSD de 2 centímetros, no voo circular foram tomadas 52 fotografias com recobrimento longitudinal de 80% e raio de 25 m e GSD de 2 centímetros. Foram realizados um total de 6 processamentos para a determinação volumétrica. Com a utilização de pontos de apoio, foi realizado um processamento para o voo cruzado mais circular, um para o voo cruzado e um para o voo circular, totalizando 3 processamentos com pontos de apoio. Sem a utilização de pontos de apoio, foi realizado um processamento para o voo cruzado mais circular, um para o voo cruzado e um para o voo circular, totalizando 3 processamentos sem pontos de apoio. Para validação do levantamento aerofotogramétrico, foi feito teste de precisão e acurácia e um teste de normalidade, onde todos os processamentos foram dados como normal. Na precisão e na acurácia, o processamento dos voos cruzados e circular com apoio, obtiveram um melhor resultado, tendo como referência o valor determinado pelo levantamento topográfico, obtendo uma diferença de apenas 0,6%, e o que obteve o resultado menos preciso e acurado foi o voo cruzado sem apoio, tendo uma diferença na determinação do volume de 11,36%. Portando o levantamento aerofotogramétrico pode ser utilizado nas mineradoras para determinação do volume, pois os resultados comparados com o levantamento topográfico a discrepância e muito pequena, e utilizando a fotogrametria o tempo de coleta de dados e bem menor que a topografia e os números de pessoas envolvidas é bem menor, tendo menor risco possível ou até risco nenhum, por não ter a necessidade de ter alguém na área levantada.
Abstract: According to the DNPM, Brazil has about 8870 mining companies, and the knowledge of the volume of ore extracted is extremely important for mining companies, because it helps in the transport, sale, storage and used in all mining processes. The determination of this volume is made with the topographical survey, and can be replaced by faster techniques such as aerial surveying using an RPAS. Therefore the objective of the research is to evaluate the feasibility of determining the volume using aerial survey photographs. The study area is the Araguaia quarry, where the volume of an ore pile formed by the material called Filler was determined. A topographic survey, a circular flight and a cross flight were performed. Nine pre-signaled targets were distributed, five as support and four for verification. In the topographic survey a closed polygon was made that obtained an angular error of 08" and a linear error of 8.4 mm, and to model the pile 272 points were collected. In the aerial survey, the cross flight was taken 16 photographs, with longitudinal coverage of 80% and lateral of 60%, with GSD of 2 centimeters, in the circular flight 52 photographs were taken with longitudinal coverage of 80% and radius of 25 m and GSD of 2 centimeters. Six processing runs were performed for volume determination, two runs of the circular flight and the cross flight, without and with support points, two only with the cross flight, without and with support points and two only with the circular flight, also with and without support points. For validation of the aerophotogrammetric survey, accuracy and precision tests and a normality test were performed, where all processing was given as normal. In the accuracy and precision, the processing of the crossed and circular flights with support, obtained a better result, taking as reference the value determined by the topographic survey, obtaining a difference of only 0.6%, and the one that obtained the least accurate and precise result was the crossed flight without support, having a difference in determining the volume of 11.36%. Therefore the aerophotogrammetric survey can be used in mining companies to determine the volume, because the results compared with the topographic survey and the discrepancy is very small, and using photogrammetry data collection time and much less than the topography and the number of people involved and much smaller, with less risk possible or even no risk, by not having the need to have someone in the area surveyed.
Palavras-chave: Aerofotogrametria
Volume
Topografia
RPAS
Voo cruzado
Voo circular
CNPq: ENGENHARIAS; Fotogrametria; Mineração
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Insitituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Sigla da Instituição: IFG
metadata.dc.publisher.department: Câmpus Goiânia
Citação: QUEIROZ JUNIOR, A. C. V.; MAGALHÃES, A. R.; Uso de fotografias aéreas obtidas com o auxílio de RPAS para a determinação volumétrica de exploração mineral. Monografia (Graduação) – Departamento de Geomática, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás – IFG, Goiânia, 2021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/812
Data do documento: 17-Mar-2021
Aparece nas coleções:Bacharelado em Engenharia Cartográfica e de Agrimensura

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_ Antonio Carlos Vieira_Arthur Rodrigues.pdf2,17 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.