Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/471
Tipo: Dissertação
Título: O currículo de ciências no ciclo de alfabetização e o efeito do pacto nacional pela alfabetização na idade certa (pnaic): um estudo sobre um município do sudoeste goiano
Título(s) alternativo(s): The science curriculum in the literacy cycle and the effect of the national pact for literacy at the right age (pnaic): a study on a municipality in the southwest of Goiás
Autor(es): Toti, Michelle Cristine da Silva
Primeiro Orientador: Bezerra, Daniella de Souza
metadata.dc.contributor.referee1: Bezerra, Daniella de Souza
metadata.dc.contributor.referee2: Morais, Mara Rúbia de Souza Rodrigues
metadata.dc.contributor.referee3: Reis, Marcia Santos Anjo
Resumo: Os primeiros anos de escolarização, historicamente associados à educação dos mais pobres, representa para os brasileiros uma conquista recente. Sua expansão e democratização está intimamente associada à industrialização do país e à consequente necessidade de mão de obra minimamente qualificada, tendo crescimento significativo somente a partir do início do século XX. O ensino de ciências nos anos iniciais do Ensino Fundamental, ainda mais recente, é previsto nos documentos curriculares nacionais brasileiros somente em 1971. Por ser tão recente e pelas características dessa fase escolar, ainda encontra obstáculos para tornar-se realmente efetivo. Neste trabalho, analisamos os documentos oficiais que prescrevem o currículo de ciências para os três primeiros anos do Ensino Fundamental, o ciclo de alfabetização, no município de Jataí - GO, realizando uma análise comparativa entre os documentos nacionais oficiais e o documento curricular da Secretaria Municipal de Educação de Jataí. Nosso objetivo geral é investigar a elaboração do currículo de ciências dos três anos iniciais do Ensino Fundamental do município com relação às condições de elaboração, pressupostos, conteúdo, forma e influências de políticas públicas nessa elaboração, especificamente as ações do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic). As perguntas que nos norteiam são: O currículo em questão converge com o que tem sido pesquisado e preconizado pela área de pesquisa em ensino de ciências? Como o ensino de ciências é contemplado no ciclo de alfabetização, segundo os documentos oficiais, em especial, o Pnaic? Se e de que forma as ações do Pacto impactaram no currículo da disciplina de Ciências Naturais da Secretaria Municipal de Educação de Jataí? Trata-se de pesquisa qualitativa, do tipo estudo de caso, com base na análise documental de fontes primárias, pesquisa bibliográfica, entrevistas e posterior análise crítica dos resultados. Adotamos como referencial para a análise a concepção crítica de currículo, especificamente o conceito de análise relacional de Michael Apple. Concluímos que, no município de Jataí - GO, o currículo de Ciências Naturais tem como principal base o documento curricular oficial da Secretaria Estadual de Educação de Goiás, que, por sua vez, baseia-se nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), mesmo sendo um município que tem um sistema educacional autônomo. As matrizes curriculares reformuladas anualmente não foram elaboradas com as professoras nesse processo e o Pnaic, apontado pelas gestoras como principal referência para a elaboração da matriz no ano de 2014, não teve influência significativa na elaboração do currículo da disciplina de Ciências Naturais. Evidenciamos que o foco na alfabetização em Língua Portuguesa e Matemática das ações voltadas para os três primeiros anos do Ensino Fundamental possibilita que as demais áreas do conhecimento sejam relegadas ao segundo plano. No caso de Ciências Naturais, essa situação soma-se às demais dificuldades específicas ao ensino desses conhecimentos nessa fase da escolarização, podendo significar um retrocesso às escolas de ler e escrever, presentes por tanto tempo na história da educação brasileira.
Abstract: The early years of schooling, historically associated with the education of the poorest, represent a recent achievement for Brazilians. Its expansion and democratization is closely associated with the industrialization of the country and the consequent need for minimally qualified labor, having significant growth only from the beginning of the twentieth century. The teaching of science in the early years of elementary school, even more recent, is foreseen in the Brazilian national curriculum documents only in 1971. Because it is so recent and due to the characteristics of this school phase, it still faces obstacles to becoming really effective. In this paper, we analyze the official documents that prescribe the science curriculum for the first three years of elementary school, the literacy cycle, in the municipality of Jataí - GO, performing a comparative analysis between the official national documents and the curricular document of the Municipal Secretariat. of Education of Jataí. Our general objective is to investigate the elaboration of the science curriculum of the first three years of the Elementary School of the municipality regarding the conditions of elaboration, assumptions, content, form and influences of public policies in this elaboration, specifically the actions of the National Pact for Literacy in the Age. Right (Pnaic). The questions that guide us are: Does the curriculum in question converge with what has been researched and advocated by the area of ​​science teaching research? How is science teaching included in the literacy cycle, according to official documents, especially the Pnaic? If and how did the actions of the Pact impact on the curriculum of the Natural Sciences discipline of the Jataí Municipal Secretariat of Education? This is a qualitative research, case study type, based on documentary analysis of primary sources, bibliographic research, interviews and subsequent critical analysis of the results. We adopted as a framework for analysis the critical conception of curriculum, specifically the concept of relational analysis of Michael Apple. We conclude that, in the municipality of Jataí - GO, the curriculum of Natural Sciences has as its main base the official curricular document of the State Department of Education of Goiás, which, in turn, is based on the National Curriculum Parameters (PCN), even though it is a municipality that has an autonomous educational system. The curricular matrices reformulated annually were not elaborated with the teachers in this process and the Pnaic, pointed by the managers as the main reference for the elaboration of the matrix in 2014, had no significant influence on the elaboration of the curriculum of the discipline of Natural Sciences. We evidenced that the focus on literacy in Portuguese Language and Mathematics of actions directed to the first three years of Elementary School allows the other areas of knowledge to be relegated to the background. In the case of Natural Sciences, this situation adds to the other difficulties specific to the teaching of this knowledge in this phase of schooling, which may mean a regression to the schools of reading and writing, present for so long in the history of Brazilian education.
Palavras-chave: Currículo. Ensino de ciências. Anos iniciais. Alfabetização científica.
ensino de ciências
anos iniciais
alfabetização científica
curriculum
science teaching
early years
scientific literacy
CNPq: CNPQ::OUTROS::CIENCIAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Insitituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Sigla da Instituição: IFG
metadata.dc.publisher.department: Câmpus Jataí
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação para Ciências e Matemática
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifg.edu.br/handle/prefix/471
Data do documento: 18-Dez-2014
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional em Educação para Ciências e Matemática

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertação_Michelle Cristine da Silva Toti.pdf4,65 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.