Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/1138
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Os procedimentos metodológicos para o ensino de química: uma análise teórico-prática
Título(s) alternativo(s): Methodological procedures for teaching chemistry: a theoretical-practical analysis
Autor(es): Dantas, Juliana Medeiros
Primeiro Orientador: Bastos, Rachel Benta Messias
metadata.dc.contributor.referee1: Bastos, Rachel Benta Messias
metadata.dc.contributor.referee2: Irigon, Oneida Cristina Gomes Barcelos
metadata.dc.contributor.referee3: Alves, Blyeny Hatalita Pereira
Resumo: Este Trabalho de Conclusão de Curso, “Os procedimentos metodológicos de química: uma análise teórico-prática”, é um estudo investigativo sobre o processo de ensino. O tema desta pesquisa é o Ensino de Química/Educação. Como é um tema amplo, optou-se pela delimitação e investigação sobre os procedimentos metodológicos da prática pedagógica no ensino de Química, tanto na perspectiva das concepções teóricas explicativas do tema quanto da prática pedagógica desenvolvida pelos docentes na sala de aula e nos demais ambientes educativos da escola, como por exemplo, os laboratórios de ciências existentes nas escolas-campo desta investigação. Desse modo, para a análise deste contexto e problemática desta pesquisa decidiu-se pela seguinte metodologia: 1. estudo bibliográfico, considerado como o referencial teórico; 2. análise empírica em escolas públicas de Itumbiara, com a utilização de instrumentos de coleta de dados (diário de campo e aplicação de questionários). Compõem o referencial deste trabalho, principalmente os estudos dos autores: Libâneo, Pimenta, Zanon e Chassot. Assim, este trabalho monográfico é composto por três capítulos: 1.Educação escolar e a educação em Química; 2. As especificidades do Ensino de Química e 3. A prática didático-pedagógica do Ensino de Química. O primeiro capítulo é um estudo sobre Educação escolar na contemporaneidade a partir da compreensão da escola como um espaço de gestão e organização educativa e da Educação em Química como um desafio educativo devido às mudanças sociais. O estudo do segundo capítulo é sobre as características do Ensino de Química e sobre a atuação dos docentes desta área de conhecimento. Também é um estudo prático relacionado às experiências como estagiária referente à disciplina Estágio Curricular Supervisionado (ECS) e como bolsista do Projeto Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (PIBID). O terceiro capítulo é a descrição qualitativa da pesquisa empírica realizada a partir da aplicação de um instrumento de coleta de dados, o questionário. Considera-se, portanto, que a realização e concretização deste estudo têm como finalidade compreender e desvelar sobre os procedimentos metodológicos para o Ensino de Química e a atuação do docente responsável pelo processo didático-pedagógico da disciplina de Química, em escolas públicas do município de Itumbiara
Abstract: This study "The chemistry methodological procedures: a theoretical and practical analysis", is an investigative study on teaching process. The research theme is Chemistry Teaching/Education. As it is a broad theme, this research investigates some methodological procedures of pedagogical practice in Chemistry teaching, from the perspective of theoretical concepts that explain the thematic as a pedagogical practice developed by teachers in classroom as well in other school learning environments, such as science laboratories in the researched contexts. Thus, the following methodology has been developed through: 1. bibliographical research, considered as a theoretical reference; 2. empirical analysis of some Public Schools in Itumbiara, with the use of field diary and questionnaires for data collection. The theoretical concepts of this investigation are based on the studies of Libâneo, Pimenta, Zanon and Chassot. Therefore this monograph is divided into three chapters: 1. school education and education in Chemistry; 2. particularities of Chemistry teaching and; 3. pedagogical practice of Chemistry teaching. The first chapter presents contemporary school education based on an understanding that school is a space of management, educational organization and Chemistry Education as an educational challenge due to social changes. The second chapter is about the characteristics of Chemistry Teaching and the role of teachers in this field. This research is also an empirical case study about experiences of a student in the pre-service teaching practice in Chemistry (TP) and as a scholarship of Institutional Scholarship Program Initiation to Teaching (PIBID). The third chapter brings the methodological perspectives, in other words, a qualitative description of the empirical research having a questionnaire as a tool of data collection. It is considered that the accomplishment and implementation of this study intended to uncover and understand about the methodological procedures in Chemistry Teaching and the performance of the teacher in charge for the teaching-learning process in the discipline of chemistry in some public schools in the city of Itumbiara.
Palavras-chave: Educação e química
Ensino de química e procedimentos metodológicos
CNPq: Ciências Exatas e da Terra
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Insitituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Sigla da Instituição: IFG
metadata.dc.publisher.department: Câmpus Itumbiara
Citação: BRASIL. Ministério da Educação, Secretaria da Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília: Ministério da Educação, 2006a. BRASIL. Ministério da Educação, Secretaria da Educação Média e Tecnológica. Orientações curriculares para o ensino médio: Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias. Brasília: Ministério da Educação, 2006b. CHASSOT, Attico. A ciência através dos tempos. 2. ed. São Paulo: Moderna, 2004. ______. Para que(M) é útil o ensino. Canoas: Ulbra, 1995. ______. Catalisando transformações na educação. Injuí. Unijuí, 1993. DELIZOICOV, D.; ANGOTTI, José André; PERNAMBUCO, Marta Maria. Ensino de Ciências fundamentos e métodos. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2011. GOIÁS. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado de Goiás. Orientações gerais para o TCC – Curso de Licenciatura – Campus Itumbiara. Itumbiara, GO: 2010. GONÇALVES, Fábio Peres; LINDEMANN, Renata, et al. Como é ser professor de química: Histórias que nos revelam. Disponível em: < http://ensino.univates.br/~4iberoamericano/trabalhos/trabalho086.pdf > acesso 16 de out. 2011. GONÇALVES, Fábio Peres; MARQUES, Carlos Alberto. Contribuições pedagógicas e epistemológicas em textos de experimentação no ensino de química. Disponível em: < http://www.if.ufrgs.br/public/ensino/vol11/n2/v11_n2_a4.htm> Acesso 16de out. 2011. LIBÂNEO, José Carlos. Organização e gestão da escola: teoria e prática. 5.ed. Goiânia: MF Livros, 2008. ______. Os métodos de ensino. In: Didática. São Paulo: Cortez, 1994, p. 149-175. ______. Organização e gestão da escola: teoria e prática. Goiânia: MF livros, 2008, p.29-62. LIBÂNEO, José Carlos; OLIVEIRA, João Ferreira de; TOSCHI, Mirza Seabra. A construção da escola pública: avanços e impasses. In: Educação Escolar: políticas, estrutura e organização. 10. ed. São Paulo: Cortez, 2011, p. 167-179. MACHADO, Jorge R. C. O professor de química e o método científico. Disponível em: < http://www.ufpa.br/eduquim/metodocientifico.htm > Acesso 16 de out. 2011. ______. Considerações sobre o ensino de química. Disponível em: < http://www.ufpa.br/eduquim/consideracoes.htm > Acesso 16 de out. 2011. MALDANER, Otavio Aloisio. A formação inicial e continuada de professores de Química: professores/pesquisadores. 3. ed. Ijuí: Unijuí,2006. PIMENTA, Selma Garrido. O Estágio na Formação de Professores – Unidade Teoria e Prática?. São Paulo: Cortez, 2006. PIMENTA, S.G.; LIMA, Maria S. L. Estágio: Diferentes concepções. In: Estágio e docência. 3. Ed. São Paulo, SP: Cortez, 2008, p.33- 57. ______. Planejando o Estágio em forma de projetos. In:Estágio e docência. São Paulo: Cortez, 2004, p.217-247. VEIGA, Ilma Passos A. Projeto Político-Pedagógico: novas trilhas para a escola. In: As dimensões do Projeto Político Pedagógico. Campinas – SP: Papirus, 2001, p. 45-66. ZANON, Lenir Basso; PALHARIM, Eliane Mai. A química no ensino fundamental de ciências. Química Nova na Escola, Aprendizado Real n°2, 1995. ZANON, Lenir Basso; UHMANN, Rosangela. Caminhos de um estágio de docência com foco numa prática escolar, entrecruzando a formação inicial e continuada. Vidya (UNIFRA - Santa Maria), v. 30, p. 33-43, 2010. http://www.mte.gov.br/politicas_juventude/cartilha_lei_estagio.pdf> Acessado em 15/outubro/2012 www.capes.org.br. Acesso em 01de set. 2011. * Documentos escolares: Relatório do Estágio Curricular Supervisionado (ECS – etapas 1, 2, 3 e 4 – 2011-2012) Relatório do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (PIBID – 2010 a 2012) Bibliografias: CUNHA, Maria Isabel da. O bom professor e sua prática. 22. ed. Campinas, SP: Papirus, 1989. ECHEVERRÍA, Agustina Rosa, BELISÁRIO, Celso Martins. Formação inicial e continuada num núcleo de pesquiso em ensino de Ciências. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, Vol. 8 No 3, 2008. FURLAN, Vera Maria. O estudo de textos teóricos. In: CARVALHO, Maria Cecília Maringoni de (org.). Construindo o saber - Metodologia científica: fundamentos e técnicas. 8ª Ed. Campinas, SP: Papirus, 1998,97-118. GONÇALVES, F.P. ; MARQUES, C. A. . A problematização das atividades experimentais na educação superior em Química: uma pesquisa com produções textuais docentes. Química Nova (Impresso), v. 34, p. 889-905, 2011. MACHADO, Jorge Ricardo Coutinho. Prática pedagógica em Química II (vivências amazônicas). Disponivel em: < http://www2.ufpa.br/quimdist/livros_2/pratica_ped_quimica_2.pdf > Acesso em 16 de jan. 2012. PÁDUA, Elisabete M. M. O trabalho monográfico como iniciação científica. In: CARVALHO, Maria Cecília Maringoni de (org.). Construindo o saber - Metodologia científica: fundamentos e técnicas. 8ª Ed. Campinas, SP: Papirus, 1998, p.147-175. PARO, Vitor Henrique. A natureza do trabalho pedagógico. In: Gestão democrática da escola pública. São Paulo: Ed. Ática, 2002, p.29-37. RAYS, Oswaldo Alonso. A questão da metodologia do ensino na didática escolar. In: VEIGA, Ilma P. A. (coord.). Repensando a didática. 5ª ed. Campinas, SP: Papirus, 1991, p.83-95. SCHNETZLER, Roseli Pacheco. Construção do conhecimento e ensino de ciências. Brasília, ano 11, nº 55, jul./set. 1992. SEVERINO, Antônio Joaquim. Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos. In: Metodologia do trabalho científico. 22ª Ed. São Paulo: Cortez 2002, p. 47- 61. _______. Diretrizes para a elaboração de uma monografia científica. In: Metodologia do trabalho científico. 22ª Ed. São Paulo: Cortez 2002, p. 73-132. ZANON, Lenir Basso; SANTOS, Dionei Ruã dos. Limites e potencialidades do uso de tirinhas na construção de significados conceituais em física. Injuí – RS: Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul ( UNIJUÍ). 2011. ZANON, Lenir Basso; MALDANER, Otávio A. .Formação Continuada do Professor e a Mudança na Sala de Aula. Espaços da Escola, v. 1, p. 27-34, 1991.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/1138
Data do documento: 28-Dez-2012
Aparece nas coleções:Licenciatura em Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
IFG-Itumbiara 2012- TCC Juliana M. Dantas.pdf622,92 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.