Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/1102
Tipo: Dissertação
Título: A noção de competências e o aperfeiçoamento dos trabalhadores do poder judiciário goiano
Título(s) alternativo(s): The notion of competences and the improvement of the workers of the Goiás judiciary
Autor(es): Santos, Adriano José da Silva
Primeiro Orientador: Almeida, Guenther Carlos Feitosa
metadata.dc.contributor.referee1: Almeida, Guenther Carlos Feitos
metadata.dc.contributor.referee2: Pimentel, Fernanda Cruvinel
metadata.dc.contributor.referee3: Araújo, Cláudia Helena dos Santos
Resumo: O presente trabalho teve como objetivo principal investigar e analisar a formação dos trabalhadores do judiciário goiano e a institucionalização da noção de competências. O problema de pesquisa constitui a compreensão de: Como é a formação continuada institucionalizada por competências e direcionada aos servidores do Poder Judiciário goiano? Para tanto, realizouse uma pesquisa qualitativa de natureza exploratório-descritiva das normativas inerentes ao judiciário goiano (Resolução CNJ n. 192/2014; Lei nº 17.663/2012; Resolução TJGO nº 14/2012; dos planos de gestão e dos planos de capacitação entre 2009 e 2019). No referencial teórico, McClelland (1973), Boyatzis (1982), Spencer, L. M. & Spencer, S. M. (1993), Parry (1996), autores estadunidenses que tomaram a noção de competências à lógica da psicologia comportamental — e, ainda, os autores franceses Le Bortef (1997) e Zarifian (1999), que na perspectiva sociológica refletiram sobre o profissionalismo e as mutações no mundo do trabalho. E autores brasileiros, Kuenzer (1999), Ramos (2002), Saviani (2005), que propuseram discutir a Educação, em específico a Educação Profissional, sob o limiar da teoriahistórica-crítica, fundando suas reflexões à luz da sociologia do trabalho, tomando o trabalho como princípio educativo na perspectiva da emancipação do trabalhador. Ao fim, compreendida a lógica das competências para a formação e o aperfeiçoamento no Poder Judiciário goiano, temos a apresentação do produto educacional que teve por objetivo geral a proposta de formação continuada sob a perspectiva da Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT), partindo do trabalho como princípio educativo para ampliar a capacidade de mobilizar conhecimentos, habilidade e atitudes para o desempenho de suas funções laborais, alargando o horizonte de possibilidades para alcance da omnilateralidade na formação e no aperfeiçoamento dos trabalhadores do judiciário goiano
Abstract: The main objective of this work was to investigate and analyze the training of workers in the judiciary in Goiás and the institutionalization of the notion of competences. Does the research problem constitute the understanding of: How is the continuing education institutionalized by competences and directed to the servers of the Judiciary Power in Goiás? To this end, a qualitative research of an exploratory-descriptive nature of the regulations inherent to the Goiás judiciary was carried out (Resolution CNJ No. 192/2014; Law No. 17.663/2012; Resolution TJGO No. 14/2012; Management Plans and Plans between 2009 and 2019). In the theoretical framework McClelland (1973), Boyatzis (1982), Spencer, LM & Spencer, SM (1993), Parry (1996), American authors who took the notion of competences to the logic of behavioral psychology - and also the French authors Le Bortef (1997) and Zarifian (1999), who from a sociological perspective reflected on professionalism and changes in the world of work. And Brazilian authors, Kuenzer (1999), Ramos (2002), Saviani (2005), who proposed to discuss Education, specifically Professional Education, under the threshold of critical-historical-theory, basing their reflections in the light of the sociology of work, taking work as an educational principle from the perspective of worker emancipation. Finally, understanding the logic of skills for training and improvement in the Goiás Judiciary, we have the presentation of the educational product that had as its general objective the proposal of continuing education from the perspective of Professional and Technological Education (ProfEPT), starting from the work as an educational principle to expand the capacity to mobilize knowledge, skills and attitudes for the performance of their work functions, broadening the horizon of possibilities to reach omnilateralism in the training and improvement of workers in the Goiás judiciary.
Palavras-chave: competências
formação continuada
poder judiciário
Goiás
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::CURRICULO::TEORIA GERAL DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO CURRICULAR
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Insitituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Sigla da Instituição: IFG
metadata.dc.publisher.department: Câmpus Anápolis
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação Profissonal e Tecnológica
Citação: SANTOS, Adriano José da Silva. A noção de competências e o aperfeiçoamento dos trabalhadores do Poder Judiciário goiano. 2021. Dissertação (Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica) – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, Anápolis, 2021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/1102
Data do documento: 31-Jul-2021
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Adriano José da Silva Santos.pdf5,41 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.