Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/658
Tipo: Dissertação-extra-ifg
Título: Políticas de expansão da educação profissional nos anos 2000: o que pensam os professores?
Título(s) alternativo(s): Policies for the expansion of professional education in the 2000s: what do teachers think?
Autor(es): Silva, Shiley Carmem da
Primeiro Orientador: Araújo, Denise Silva
metadata.dc.contributor.referee1: Araújo, Denise Silva
metadata.dc.contributor.referee2: Pires, Luciene Lima de Assis
metadata.dc.contributor.referee3: Carneiro, Maria Esperança Fernandes
Resumo: Esta dissertação está vinculada ao Programa de Pós Graduação da PUC-Goiás e tem como objetivo central analisar os significados atribuídos pelos professores ao atual processo de expansão da Educação Profissional no Brasil, desencadeado no governo de Luis Inácio Lula da Silva e continuado na gestão da presidenta Dilma Rouseff. Buscou-se compreender o processo e identificar os pressupostos teóricos que tem orientado tal expansão, analisando, de forma consistente, a vinculação desse movimento com os interesses do capital ou com os interesses da classe trabalhadora. Assumiu-se como questão central: Quais os significados atribuídos pelos professores à política de expansão profissional atualmente em curso? Justifica-se a pesquisa pela relevância de problematizar a Educação Profissional, num país capitalista, cuja lógica de funcionamento exige que o indivíduo seja disciplinado e preparado para vender sua força de trabalho e produzir riqueza e pela necessidade de possibilitar que os sujeitos que vivenciam cotidianamente os efeitos das políticas educacionais, se posicionem a respeito. Apresenta-se os resultados de uma pesquisa que, não prescindindo de dados quantitativos, se desenvolveu numa perspectiva qualitativa, assentada no método histórico materialista dialético. Assim, os dados coletados por meio de pesquisa documental e das entrevistas semi-estruturadas foram analisados a partir da análise de conteúdo, tendo como referencial teórico autores como Marx, Gramsci, Manacorda, Ramos, Frigotto, Antunes. Foram realizadas 12 entrevistas, nos Câmpus Jataí e Inhumas, com professores, que representam os diferentes períodos da história mais recente da instituição, e atuam nas diversas modalidades e níveis de ensino ofertados pela instituição. Os critérios de escolha dos sujeitos foram definidos com o objetivo de criar condições para que o tema seja analisado na perspectiva de sua totalidade e de suas contradições. A pesquisa teórico-bibliográfica realizada apontou para a necessidade de reafirmar a centralidade da categoria trabalho e manter em pauta sua relação com a educação, tendo em vista a tendência de as práticas educativas se alinharem predominantemente aos interesses do mercado e com a busca da produtividade, em detrimento dos interesses de formação integral da classe trabalhadora (ANTUNES, 2000; FRIGOTTO, 2006). Apontou ainda a possibilidade de a escola apresentar-se como espaço de contradição, de formação para a contestação e para a luta pela transformação da sociedade, por meio de uma educação pautada nos princípios da omnilateralidade e da politecnia (MANACORDA, 2000; GRAMSCI, 1982). Os dados coletados pelas entrevistas, por sua vez, demonstram que os docentes reconhecem a expansão como um meio de ampliação de vagas públicas em instituições que tradicionalmente ofertam ensino de qualidade, o que a torna um movimento importante e necessário. Porém, a expansão também é vista criticamente, no sentido de apresentar problemas que estão incidindo diretamente sobre a qualidade da formação de seus alunos. Os principais problemas levantados foram a infraestrutura deficitária, falta de professores, centralização das tomadas de decisão e falta de sintonia entre a oferta de cursos e as reais necessidades da comunidade onde a instituição está instalada. A oferta de licenciatura pelos Institutos Federais também foi questionada, assim como foi apontada a dificuldade criada pela falta de formação pedagógica de parte dos docentes que atuam na instituição. A concepção predominante entre os sujeitos aponta para a formação profissional como forma de atingir emprego, conquistar renda e contribuir para o desenvolvimento do país. A educação integral, quando defendida pelos docentes, é significada como uma formação que alia sólida formação técnica e geral, de forma que o egresso possa continuar os estudos ou exercer a profissão.
Abstract: This research project is vinculated to the PUC-GO's Postgraduate Program, currently in development, having as central objective to analise the professor's atributed meanings to the expansion process of Brasil's Federal Professional Education, triggered in Luis Inácio Lula da Silva government and continued at Dilma Rouseff's chairwoman management. Sought to understand the proccess and identify the theoretical assumptions that has been orientated such expansion, analyzing, in a consistent way, this moviment vinculation with the capital interests or the working class interests. Assumed as main question: which the atributed meanings by professors to the professional expansion politics currently in course? This research justifies itself by the relevance of problematize the Professional Education, in a capitalist country, whose working logic requires that individuals is disciplinated and prepared to sell it's work force and produce richness. It's also relevant to possibilitate that the subjects that daily experience the expansion effects, to position itself about this subject. It's a research that, not dispensing quantitative data, has developed into a qualitative perspective, in a dialetic bias of reality understanding. This way, the data collected using documental research and semi-structured interviews were analyzed from the content analysis, having as theoretical referential authors like Marx, Gramsci, Manacorda, Ramos, Frigotto, Antunes. Were made 12 interviews, in Jataí and Inhumas Campus, with subjects that represents the different periods of the most recent history of the institution, that act in the several modalities and levels of teaching offered by the institution. These subjects choice criterea were defined with the objective of creating conditions for the theme could be analyzed in it's totality perspective and his contradictions. The theretical-bibliographical research made has pointed to the necessity of reaffirm the centrality of work category and keep on the agenda it's relation with the education, in view of tendency of the educative practices get aligned predominantly to the market interests and with the productivity search, over the worker class integral formation interests (ANTUNES, 2000; FRIGOTTO, 2006). Has yet pointed the possibility of the school to present itself as a contradiction space, of formation for the contestation and for the combat by the society transformation, by a education scheduled in omnilaterality and the politecny (MANACORDA, 2000; GRAMSCI, 1982). The interviews collected data, on the other hand, showed that the teachers recognizes the expantion as a ampliation mean of public vacant in institutions that tradicionally offer quality teaching, which makes it an important and necessary movement. However, the expansion is also seen critically, in order to present problems that are directly influencing the quality of his students formation. The main raised problems were the deficitary infrastructure, lack of teachers, decision making centralization and lack of tune between the courses offer and the real necessities of the community where the institution is installed. The teaching bachelor's offered by the Institutos Federais was also questionated, as well as was pointed the created difficulty by the lack of pedagogial formation by the teachers that act in the institution. The predominant conception between subjects points to the professional formation as a way to reach a job, to receive incomes and contribute for the countrie's development. The integral formation, when defended by the teachers, is significated as a formation that ally solid technical formation and solid general formation, in order that the egress can continue his studies or exercise the profession.
Palavras-chave: educação
trabalho
expansão da educação profissional
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontífica Universidade Católica de Goiás
Sigla da Instituição: PUC Goiás
metadata.dc.publisher.program: Programa de pós-graduação stricto sensu em educação
Citação: SILVA, Shirley Carmem da. Políticas de expansão da educação profissional nos anos 2000: o que pensam os professores?. 2013. 148 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia , 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifg.edu.br/handle/prefix/658
Data do documento: 19-Set-2013
Aparece nas coleções:Teses e Dissertações defendidas extra IFG

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Shirley Carmem da Silva.pdf1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.