Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifg.edu.br/handle/prefix/584
Tipo: Dissertação
Título: Juventudes e escolarização: o ensino médio e o desafio da formação crítica de jovens pertencentes a comunidades empobrecidas
Título(s) alternativo(s): Juventudes e escolarização: o ensino médio e o desafio da formação crítica de jovens pertencentes a comunidades empobrecidas
Autor(es): Aguiar, Suzana Medeiros de Souza
Primeiro Orientador: Dias, Luciana Campos de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee1: Dias, Luciana Campos de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee2: Castro, Mad’Ana Desirée Ribeiro de
metadata.dc.contributor.referee3: Duarte, Natalia de Souza
Resumo: A presente pesquisa teve por objetivo investigar como o ensino médio pode contribuir para a formação crítica e ativa dos jovens que frequentam o espaço educativo e que vivenciam sua condição juvenil de forma precarizada. Os sujeitos da pesquisa foram jovens que frequentam o ambiente escolar no ensino médio diurno, com inscrição sócio histórica localizando-os em territórios pobres e periféricos. A proposta metodológica escolhida foi a pesquisa qualitativa do tipo participante, que se deu a partir das seguintes estratégias: observação participante, entrevistas semiestruturadas, oficinas com os estudantes e pesquisa bibliográfica e documental. As atividades foram realizadas em um Centro de Ensino Médio na Região Administrativa de Santa Maria, Distrito Federal. Os procedimentos de análise dos dados se deram via triangulação de métodos, ou seja, com base na adoção de um comportamento reflexivo-conceitual e prático do objeto de estudo da pesquisa sob diferentes perspectivas. Do ponto de vista teórico, o estudo teve por suporte autores de inspiração marxista, considerando a temática da juventude como uma categoria sócio histórica e cultural, tratando, assim, a condição da juventude pobre como estrato das relações sociais produtoras de violação de direitos na sociedade regida pelo capital. Em relação à escola, a pesquisa se debruçou sobre as fragilidades do ensino médio como etapa da educação básica, que tem sido marcada historicamente pela dualidade formativa, engendrada estruturalmente no interior do sistema de educação no Brasil, organizado de modo a atender eficazmente os interesses da classe hegemônica que historicamente domina as relações sociais. Sob o ponto de vista da formação crítica, buscou-se coadunar com as proposições de uma educação transformadora, democrática, onde todos são chamados a participar; uma educação calcada no homem e na mulher livres, racionais, capazes de promover mudanças por meio de transformações histórico-culturais e que conduza à prática da liberdade. Concluiu-se que, dadas as condições objetivas da juventude pobre, faz-se necessário oportunizar, na escola, espaços de escuta democrática onde os jovens possam exercer o direito de pronunciar sua palavra.
Abstract: This research aimed to investigate how high school can contribute to the critical and active formation of young people who attend the educational space and who experience their precarious youth condition. The research subjects were young people who attend the school environment in the daytime high school, with socio-historical inscription locating them in poor and peripheral territories. The methodological proposal chosen was the qualitative research of the participant type, which was based on the following strategies: participant observation, semi-structured interviews, workshops with students and bibliographical and documentary research. The activities were held at a High School Center in the Santa Maria Administrative Region, Federal District. The procedures of data analysis were made through triangulation of methods, that is, based on the adoption of a reflexive-conceptual and practical behavior of the research object from different perspectives. From a theoretical point of view, the study was supported by Marxist-inspired authors, considering youth as a socio-historical and cultural category, thus addressing the condition of poor youth as a stratum of social relations producing violation of rights in society ruled by capital. Regarding the school, the research focused on the weaknesses of high school as a stage of basic education, which has been historically marked by the formative duality, structurally engendered within the education system in Brazil, organized to effectively meet the interests of hegemonic class that historically dominates social relations. From the point of view of critical formation, we sought to fit in with the propositions of a transformative, democratic education in which everyone is called to participate; an education based on free and rational men and women, capable of promoting change through historical and cultural transformations and leading to the practice of freedom. It was concluded that, given the objective conditions of poor youth, it is necessary to provide, at school, spaces for democratic listening where young people can exercise the right to pronounce their word.
Palavras-chave: Juventude. Trabalho. Pobreza. Educação
Youth. Work. Poverty. Education
CNPq: Tópicos Específicos de Educação Educação em Periferias Urbanas Ensino Profissionalizante
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Insitituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Sigla da Instituição: IFG
metadata.dc.publisher.department: Câmpus Anápolis
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação Profissonal e Tecnológica
Citação: AGUIAR, Suzana Medeiros de Souza. Juventudes e escolarização: o ensino médio e o desafio da formação crítica de jovens pertencentes a comunidades empobrecidas. 2019. Dissertação ( Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica) Instituto Federal de Goiás, Anápolis, 2019.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifg.edu.br/handle/prefix/584
Data do documento: 12-Ago-2019
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação-Suzana.pdfDissertação - Suzana Medeiros de Souza Aguiar5,85 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.