Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifg.edu.br/handle/prefix/352
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Biodigestão Aeróbia de Resíduos Sólidos Orgânicos como fonte alternativa de Geração de Energia
Título(s) alternativo(s): Aerobic biodigestion of organic solid waste as an alternative source of energy generation
Autor(es): Rocha, Gabrielle Cristine Ferreira da Silva
Primeiro Orientador: Sá, Fernando Pereira de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Borges, Elisangela Cardoso de Lima
metadata.dc.contributor.referee1: Lacerda, Tiago Moreira de
metadata.dc.contributor.referee2: Reed, Elaine
metadata.dc.contributor.referee3: Sá, Fernando Pereira de
Resumo: No Brasil, pesquisas sobre fontes energéticas renováveis têm se expandido cada vez mais, isso porque o aumento populacional tem se ampliado rapidamente e o consumo energético tem sido alvo de discussões pela intensa dinamização de sua economia, fazendo com que a busca por fontes alternativas se torne indispensável. Porque para geração de energia, o aumento do custo dos combustíveis fósseis e aos graves problemas ambientais causados pelos mesmos, elevaram-se consideravelmente. Além disso, o acúmulo de matéria orgânica provoca um grande desperdício de recursos naturais além de provocar danos para o meio ambiente em forma de “lixões”, aterros sanitários e pela contaminação do solo pelo chorume que pode contaminar o lençol freático. Diante desta realidade, este projeto propôs o estudo da biodigestão aeróbia de resíduo sólido orgânico e a análise do poder calorífico dos pelletes a serem confeccionados, como proposta alternativa para utilização em conversão de energia térmica em elétrica. Para isso, foram feitas coletas de resíduos orgânicos nas lixeiras do IFG Câmpus Inhumas para que além da reutilização desse material, haja a contribuição para o desenvolvimento da pesquisa. O projeto desenvolvido é composto de várias etapas em que prevê a coleta de resíduos sólidos, separação de materiais orgânicos, biodigestão de compostos orgânicos, produção de pellets, análise de poder calorífico, entre outras. No que diz respeito aos resultados, pode-se afirmar que o poder calorífico da matéria biodigerida quando aliada a uma gordura animal (seja o sebo de vaca ou a banha de porco) apresenta uma eficiência energética significativa. No entanto, a maior influência está ligada à variável sebo. Todavia, para que seja obtido um melhor entendimento desta influência, é indispensável uma abordagem mais detalhada do processo de combustão em função destas variáveis, bem como a realização de análises elementares para uma maior exatidão no que diz respeito à relação C/ N.
Palavras-chave: Biodigestão Aeróbia
Pellets
Poder calorífico
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Insitituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Sigla da Instituição: IFG
metadata.dc.publisher.department: Câmpus Inhumas
Citação: ROCHA, G.C.F.S. Biodigestão Aeróbia de Resíduos Sólidos Orgânicos como fonte alternativa de Geração de Energia. 2019. 35f. Trabalho de Conclusão de Curso - Instituto Federal de Goiás (IFG), Inhumas, 2019.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifg.edu.br/handle/prefix/352
Data do documento: 28-Nov-2019
Aparece nas coleções:Licenciatura em Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc.pdf1,24 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.