Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifg.edu.br/handle/prefix/277
Tipo: Artigo de Evento
Título: Sensoriamento Remoto, uso do solo e análise em transportes
Autor(es): SANTOS, Alex Mota
SOUZA, Juliana
PORTIS, Gabriela
PASSIONE, Hugo
Resumo: A aquisição de dados e informações de modo indireto é realizada predominantemente através de sensores orbitais ou suborbitais. Esses instrumentos são aplicados em diversas áreas do conhecimento, inclusive transportes. Assim, o objetivo deste trabalho é revelar uma aplicação de sensoriamento remoto às análises em transportes. Como estudo de caso, avaliou-se as alterações espaciais associadas a um Polo Gerador de Viagens no município de Aparecida de Goiânia. A metodologia envolveu o processamento digital de imagens num Sistema de Informação Geográfica. Os principais resultados revelaram alterações significativas após a implantação do PGV, em que destaque foi dado para o crescimento da área mapeada como água, 73,3%; pavimentação, 113,5%; grandes superficies comerciais, 68,9% e da área residencial. Contudo, o crescimento da área mapeada como água foi de fato associado ao crescimento de áreas de sombras em áreas construídas, já que imagens orbitias não conseguiram distinguir satisfatoriamente as zonas de água das sombra.
Abstract: The acquisition of data and information in an indirect way is carried out predominantly through orbital or suborbital sensors. These instruments gain protagonism and are applied in several areas of knowledge, including transportation, especially in studies in extensive areas. Thus, the objective of this work is to reveal a remote sensing application to transport analysis. As a study case, was evaluated the spatial changes from the implantation of a Polo Generator of Travels in the municipality of Aparecida de Goiânia. The methodology involved the digital processing of images in a Geographic Information System. The results revealed that there was an expansion process in area paving after the implantation of the PGV, in which emphasis was given to the growth area mapped as water, 73.3%; paving, 113.5%; large commercial areas, 68.9% and residential area. However, the growth of the area mapped as water was in fact associated with the growth of shaded areas in built areas, since orbital images could not distinguish satisfactorily the zones of water of the shade.
Palavras-chave: Sensores Orbitais
Transportes
Polo Gerador de Viagens
Usos e cobertura do solos
CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE TRANSPORTES::PLANEJAMENTO DE TRANSPORTES::PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DO SISTEMA DE TRANSPORTE
CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL::METODOS E TECNICAS DO PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL::TECNICAS DE ANALISE E AVALIACAO URBANA E REGIONAL
Idioma: por
País: Brasil
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifg.edu.br/handle/prefix/277
Data do documento: 15-Abr-2019
Aparece nas coleções:Eventos realizados extra IFG

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo_ Gabriela Portis618,93 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.