Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/1918
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Uso e Ocupação do Solo e a Influência dos Assentamentos de Reforma Agrária no Município de Goiás/GO.
Título(s) alternativo(s): Land use and occupation and the influence of land reform settlements in the municipality of Goiás/GO
Autor(es): Campos, Carlos Augusto Ignácio
Primeiro Orientador: Ferreira, Gabriel Caymmi Vilela
metadata.dc.contributor.referee1: Ferreira, Gabriel Caymmi Vilela
metadata.dc.contributor.referee2: Resende, Ubiratan Pereira de
metadata.dc.contributor.referee3: Santana, Felipe Carvalho
Resumo: O avanço da fronteira agrícola é apontado como uma das principais causas do desmatamento e do processo de antropização nos biomas brasileiros. Neste contexto, marcado pela crescente expansão da atividade agropecuária, verifica-se a necessidade de novos estudos relacionados ao uso e ocupação do solo. O avanço da tecnologia e o auxílio das ferramentas de geoprocessamento tem facilitado o acompanhamento e monitoramento destas alterações. Este trabalho visa analisar o uso e ocupação do solo no município de Goiás/GO e em dois Projetos de Assentamentos (P.A.), com uma janela temporal de 36 anos, entre 1985 e 2021, com a utilização de mapas oriundos do MapBiomas. Através do software QGIS, foram analisadas 6 classes diferentes (Floresta, Formação Natural Não Florestal, Agricultura, Pastagem, Área Não Vegetada e Corpos D´água). Dentre os resultados, destaca-se que a classe Floresta foi a que perdeu menor área, 23% de sua área total, seguida pela agricultura que perdeu 57% de sua área original, a classe pastagem cresceu 61%. De forma geral, os assentamentos tiveram comportamento semelhante ao município de Goiás, com crescimento das pastagens e redução da vegetação nativa.
Abstract: The advancement of the agricultural frontier is identified as one of the main causes of deforestation and the process of anthropization in Brazilian biomes. In this context, marked by the growing expansion of agricultural activity, there is a need for new studies related to land use and occupation. The advancement of technology and the help of geoprocessing tools have made it easier to monitor and monitor these changes. This work aims to analyze land use and occupation in the municipality of Goiás/GO and in two Settlement Projects, with a time window of 36 years, between 1985 and 2021, using maps from MapBiomas. Using QGIS software, 6 different classes were analyzed (Forest, Non-Forest Natural Formation, Agriculture, Pasture, Non-Vegetable Area and Water Bodies). Among the results, it stands out that the Forest class was the one that lost the smallest area, 23% of its total area, followed by agriculture, which lost 57% of its original area, and the pasture class grew 61%. In general, the settlements had similar behavior to the municipality of Goiás, with growth in pastures and reduction in native vegetation.
Palavras-chave: Fronteira agrícola
Geoprocessamento
Desmatamento
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::5.01.01.00-5 - Ciência do Solo
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Insitituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Sigla da Instituição: IFG
metadata.dc.publisher.department: Câmpus Cidade de Goiás
Citação: CAMPOS, Carlos Augusto Ignácio. Uso e ocupação do solo e a influência dos Assentamentos de Reforma Agrária no Município de Goiás / GO. 2023. 26f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, Goiás - GO, 2023.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/1918
Data do documento: 14-Dez-2023
Aparece nas coleções:Bacharelado em Agronomia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NO MUNÍCIPIO DE GOIÁS.pdfTCC1,21 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.