Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/184
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Que quadrilha é essa? Busca por sentidos em uma dança em transformação
Título(s) alternativo(s): What gang is this? Search for senses in a dance in transformation
Autor(es): Moreira, Neomênia Santos
Primeiro Orientador: Barreto, Tainá Dias de Moraes
metadata.dc.contributor.referee1: Abreu, Joana
metadata.dc.contributor.referee2: Rodrigues , Roberto
Resumo: A quadrilha, dança que surge no século XVIII no contexto das cortes francesas, chega ao Brasil colonizado no século XIX, onde sofre diversas adaptações e se mantém viva hoje principalmente nas festividades do mês de junho. As quadrilhas juninas, como são conhecidas no Brasil, ao se relacionarem com o contexto do meio rural ganham denominações de quadrilha caipira ou matuta, são muito presentes no imaginário e no repertório das danças populares brasileiras. A partir da década de 1980, um movimento de profissionalização dos grupos de quadrilha junina deu origem a derivações como quadrilha estilizada e quadrilha moderna, que competem em concursos, se relacionam com o contexto urbano de festividades juninas e são muito fortes no estado de Goiás. O foco deste trabalho é investigar as transformações e os sentidos das quadrilhas juninas na atualidade, a partir de uma análise da realidade dos grupos de quadrilha do município de Aparecida de Goiânia/GO e do relato de uma trajetória pessoal de vivência junto a essa dança. Partindo de uma etnografia de grupos de quadrilha de Aparecida de Goiânia que fazem parte da vivência da pesquisadora, pretende-se refletir sobre tradições populares, dinamismo da cultura, concepção de folclore, cultura popular, diálogos entre tradição e contemporaneidade, indústria cultural, entre outros. Assim, refletindo sobre os processos dinâmicos que envolvem as tradições populares e as quadrilhas em especial, tem-se como ponto de partida a interrogação “que quadrilha é essa?”, para com ela refletir, investigar e compreender os processos de transformação que giram em torno desta cultura.
Abstract: The quadrille, dance that emerged in the eighteenth century in the context of the French courts, arrives in Brazil colonized in the nineteenth century, where it undergoes various adaptations and remains alive today mainly in the festivities of the month of June. The “June quadrille”, as they are known in Brazil, when they relate to the rural context are called quadrilha caipira or quadrilha matuta. These quadrilles are very present in the imaginary and the repertoire of Brazilian popular dances. In the beginning of the 1980s, a process of professionalization among the groups of June quadrilles gave rise to stylized and modern quadrilles, which compete in contests, relate to the urban context of June festivities and are very strong in the state of Goiás. The focus of this work is to investigate the transformations and the meanings of the June quadrilles in the present time, based on an analysis of the reality of some groups in the city of Aparecida de Goiânia (Goiás State, in Brazil) and report a personal experience with this dance. Based on an ethnography of groups from Aparecida de Goiânia that are part of the experience of the researcher as a dancer, it is intended to reflect on popular traditions, dynamism of culture, conception of folklore, popular culture, dialogues between tradition and contemporaneity, cultural industry, among others. Thus, reflecting on the dynamic processes involving popular traditions and the quadrilles in particular, the question "which quadrille is this?" is taken as to reflect, investigate and understand the processes of transformation that surround this culture.
Palavras-chave: dança
quadrilha Junina
transformação
cultura popular
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::DANCA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Insitituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Sigla da Instituição: IFG
metadata.dc.publisher.department: Câmpus Aparecida de Goiânia
Citação: MOREIRA, Neomênia Santos. Que quadrilha é essa?: busca por sentidos em uma dança em transformação. 2018. 58 f. TCC (Graduação) - Curso de Licenciatura em Dança, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, Aparecidade Goiânia, 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifg.edu.br/handle/prefix/184
Data do documento: 7-Mar-2018
Aparece nas coleções:Licenciatura em Dança

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_Neomenia Moreira.pdf2,56 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.