Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/1133
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Análise da atividade antioxidante de diferentes extratos foliares de ruta graveolens
Título(s) alternativo(s): Analysis of the antioxidant activity of different leaf extracts of ruta graveolens
Autor(es): Santos, Vanessa Freitas
Primeiro Orientador: Alves, Blyeny Hatalita Pereira
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Rezende, Glaucia Aparecida Andrade
metadata.dc.contributor.referee1: Alves, Blyeny Hatalita Pereira
metadata.dc.contributor.referee2: Carvalho, Fernando dos Reis de
metadata.dc.contributor.referee3: Rezende, Glaucia Aparecida Andrade
Resumo: O interesse pelo estudo dos produtos naturais tem aumentado sistematicamente em todo o mundo. No Brasil isso tem ocorrido devido à grande quantidade de espécies da flora brasileira que são utilizadas popularmente na medicina alternativa, culinária, e até mesmo como cosméticos. No entanto, devido à grande diversidade, ainda são poucas as que foram alvos de estudos mais sistemáticos pelas comunidades científicas. A Ruta graveolens (arruda) é uma planta conhecida por apresentar atividade analgésica, anti-hemorrágica, antiinflamatória, calmante, estimulante, repelente, vermicida, entre outras. Porém, poucas pesquisas foram realizadas com intuito de analisar sua composição química e sua atividade antioxidante. Neste sentido, esta pesquisa consistiu em analisar a atividade antioxidante dos extratos foliares de Ruta graveolens. As extrações foram realizadas pelos métodos de infusão das folhas secas e através do extrator de lipídeos com folhas frescas e secas com os solventes hexano, álcool e água. A atividade antioxidante foi determinada pelo radical livre estável 2,2-difenil-1-picril hidrazil (DPPH) seguindo o método descrito por Lima (2008). Os extratos aquosos atingiram melhor rendimento em relação às extrações com os solventes hexano e álcool e as folhas frescas apresentaram um rendimento inferior às folhas secas. A espécie apresentou atividades antioxidantes confirmadas através dos cálculos de CE50, o extrato aquoso de folha seca apresentou a maior atividade antioxidante, inibindo 78,98% dos radicais DPPH.
Abstract: The interest in the study of natural products has grown steadily throughout the world. In Brazil this has occurred due to the large number of species of flora that are popularly used in alternative medicine, cooking, and even as cosmetics. Notwithstanding, due to the large diversity, there are few that have been targets of more systematic studies by scientific communities. The Ruta graveolens (rue) is a plant known to have analgesic, anti hemorrhagic, inflammatory, soothing, stimulating, repellent, vermifuge, among others activities. However, little research has been carried out in order to analyze their chemical composition and antioxidant activity. In this sense, this research was to analyze the antioxidant activity of leaf extracts of Ruta graveolens. The extractions were performed by the methods of infusion of dried leaves and by extracting lipids with fresh leaves and dried using the solvents hexane, alcohol and water. The antioxidant activity was determined by stable free radical 2,2-diphenyl-1-picryl-hydrazyl (DPPH) following the method described by Lima (2008). The aqueous extracts achieved better performance compared to solvent extraction with hexane and ethanol and the fresh leaves had an income below the leaves. The species showed antioxidant activities confirmed through calculations of EC50, the aqueous extract of dry leaf showed the highest antioxidant activity, inhibits 78.98% of DPPH radicals.
Palavras-chave: Extratos foliares
Ruta graveolens
Radicais livres
Atividade antioxidante
CNPq: Ciências Exatas e da Terra
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Insitituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Sigla da Instituição: IFG
metadata.dc.publisher.department: Câmpus Itumbiara
Citação: ALVES, Clayton Q; DAVID, Jorge M; DAVID, Juceni P; AGUIAR, Rosane M. Métodos para determinação de atividade antioxidante in vitro em substratos orgânicos. Química Nova, v. 33, n. 10, p. 2202-2210, 2010. ARRUDA, Neusa P; CASTRO, Julio P; REZENDE, Claudia M. Caracterização da fração volátil do óleo essencial de Ruta graveolens L. 34ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, Florianópolis, 2011. Disponível em: http://sec.sbq.org.br/cdrom/34ra/resumos/T1398-1.pdf. Acesso em: 08/04/2012. BALMÉ, François. Plantas medicinais. São Paulo: Hemus. 2004. BERNARDI, Ana Paula Machado. Análise Química, avaliação da atividade antioxidante e obtenção de culturas in vitro de espécies Hypericum nativas do Rio Grande do Sul. 2007, Tese (doutorado)- Programa de pós graduação em ciências farmacêuticas, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2007. BRAND- WILLIAMS, W; CUVELIER, M. E; BERSET C. Use of a free radical method to evaluate antioxidant activity. Lebensm wiss.u. technol, v.28, p.25-30, 1995. BRUNO, Paulo Roberto. Bioeletrografia em plantas de Ruta graveolens tratadas com duas homeopatias. 2007. Dissertação (mestrado) – Programa de Pós- graduação em Fitotecnia, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006. CASTELO-BRANCO, Vanessa Naciuk; TORRES, Alexandre Guedes. Capacidade antioxidante total de óleos vegetais comestíveis: determinantes químicos e sua relação com a qualidade dos óleos. Revista de Nutrição, Campinas, vol. 24, n. 1, p. 173-187, 2011. CHANG, Shang-Tzen; WU, Jyh-Horng; WANG, Sheng-Yang; KANG, Pei-Ling; YANG, Ning-Sun; SHYUR, Lie-Fen.; Antioxidant activity of extracts from Acacia confusa bark and heartwood. J. Agric. Food Chem., v. 49, p. 3420-3424, 2001. 45 CONEGLIAN,Sabrina Marcantonio, LIMA, Beatriz da Silva, SILVA, Lorrayny Galoro, LAZZARI, Claudia Mara, SERRANO, Román David Castañeda,TONELLO, Cleiton Luiz. Utilização de antioxidantes nas rações. PUBVET, Londrina, V. 5, N. 5, 2011. COOPER, Kenneth H. Revolução antioxidante. Rio de Janeiro: Record, 1995. COSTA, Larissa. C. B.; CORRÊA, Ricardo. M.; CARDOSO, Julio. Cesár. W.; PINTO, José. Eduardo. B. P.; BERTOLUCCI, Suzan. K. V.; FERRI, Pedro. H. Secagem e fragmentação da matéria seca no rendimento e composição do óleo essencial de capim-limão. Horticultura Brasileira, Brasília, v.23, n.4, p.956-959, 2005. DAVID, Jorge M; DAVID, Juceni P; BARREIROS, André L. Estresse oxidativo: relação entre geração de espécies reativas e defesa do organismo. Química nova, v. 29, n.1, p. 113- 123, 2006. DIAS, Ayres Guimarães; COSTA, Marco Antonio da; GUIMARÃES, Ivo Canesso. Guia prático de química orgânica técnicas e procedimentos: aprendendo a fazer. Rio de Janeiro: Interciência, 2004. DUARTE-ALMEIDA, Joaquim Maurício; SANTOS, Ricardo José dos; GENOVESE, Maria Inês; LAJOLO, Franco Maria. Avaliação da atividade antioxidante utilizando sistema β caroteno/ácido linoleico e métodos de sequestro de radicais DPPH. Ciência, tecnologia. E alimentos, Campinas, v.26, n.2, p. 446-452, 2006. FETROW, Charles W; AVILA, Juan R. Manual de medicina alternativa para o profissional. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1999. CECHINE FILHO, Valdir; YUNES, Rosendo A. Estratégia para a obtenção de compostos farmacologicamente ativos a partir de plantas medicinais. Conceitos sobre modificação estrutural para otimização da atividade. Química Nova, v.21, n. 1, 1998. HALLIWELL, Barry. Free radicals in Biology and Medicine. Journal of free radicals in biology and medicine, v.1, p.331-334, 1999. 46 LIMA, Rafaela Karin de. Óleos essenciais de Myristica fragrans Houtt. e de Salvia microphylla H. B. K.: caracterização química, atividade biológica e antioxidante. Tese (Doutorado) – Programa de Pós- graduação em Agroquímica, Universidade Federal de Lavras, Lavras – MG, 2008. MIGUEL, Marilis Dallarmi; MIGUEL, Obdúlio Gomes. Desenvolvimento de fitoterápicos. São Paulo: Probe Editorial,1999. NUNES, Xirley P; MESQUITA, Rafael F; SILVA, Davi A; LIRA, Daysianne P; COSTA, Vicente C. O; SILVA, Marianna V. B; XAVIER, Aline L; DINIZ, Margareth F. F. M; AGRA, Maria de Fátima. Constituintes químicos, avaliação das atividades citotóxica e antioxidante de Mimosa paraibana Barneby (Mimosaceae). Revista brasileira de farmacognosia. Jõao Pessoa, v.18, 2008. ORLANDA, José Fábio França; SOUZA, Antônio Gouveia de; FILHO, Victor Elias M; NASCIMENTO, Adenilde Ribeiro. Atividade larvicida do óleo essencial de arruda (Ruta graveolens Linnaeus) contra Aedes aegypti (Diptera: Culicidae). 34ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, Florianópolis, 2011. Disponível em: http://sec.sbq.org.br/cdrom/34ra/resumos/T0594-1.pdf. Acesso em: 08/04/2012. RAMALHO, Valéria Cristina.; JORGE, Neuza. Antioxidantes utilizados em óleos, gorduras e alimentos gordurosos. Química Nova, v. 29, n. 4, p. 755-760, 2006. RIBEIRO, Sarila Resende; FORTES, Carlos Camisa; OLIVEIRA, Sarah Cristina Caldas; CASTRO, Carlos Frederico de Souza. Avaliação da atividade antioxidante de solanum paniculatum (solanaceae). Arq. Ciênc. Saúde Unipar. Umuarama, v. 11, n. 3, p. 179-183, 2007. RIVIOLI, Joice; BONFIM, Jessica Sanches; BITTENCOURT, Nilza de Lucas Rodriques. Mitos e realidades no uso de plantas medicinais. Encontro internacional de produção cientifica Cesumar. Paraná, 2007. Disponível em: http://www.cesumar.br/prppge/pesquisa/epcc2007/anais/joice_rivoli.pdf. Acesso em: 11/12/2011. SALVADOR, Mirian; HENRIQUES, João A. P. Radicais livres e a resposta celular ao estresse oxidativo. Canoas: ULBRA, 2004. 47 SANTOS, Alberdan Silva; ALVES, Sérgio de Mello; FIGUEIRÊDO, Francisco José Câmara; ROCHA NETO, Olinto Gomes da. Descrição de sistema e de métodos de extração de óleos essenciais e determinação de umidade de biomassa em laboratório. Comunicado técnico 99. Belém. Amazônia Oriental: Embrapa, 2004. SILVA, Breno Marques; MARQUES, Ednamara Batista Vasconcelos. Os remédios florais de minas. Belo Horizonte: Luz azul cultural, 1992. SILVA , Francisca Gleiciane Eloi da; MENDES , Francisco Rogênio da Silva; CAVALCANTE, Fábio Lima; BARBOSA, Francisco Geraldo; ASSUNÇÃO, João Carlos da Costa. Composição Química e atividade nematicida do óleo essencial de Ruta graveolens (arruda). V CONNEPI, 2010. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceara. Quixada, 2010. SILVA, Joyce Kelly do R. da; GIRARD, Cássia Karina T; ANDRADE, Eloísa Helena A; GUIMARÃES, Elsie F; MAIA, José Guilherme. Polifenóis totais e capacidade antioxidante de extratos de espécies de Piper (Piperaceae) com ocorrência na Serra de Carajás, PA. 32º encontro anual da sociedade brasileira de Química. Fortaleza, 2009. Disponível em: http://sec.sbq.org.br/cdrom/32ra/resumos/T1259-1.pdf. Acesso em: 09/04/2012. TOMEI, Rafael Rodrigues; SALVADOR, Marcos José. Metodologias analíticas atuais para avaliação da atividade antioxidante de produtos naturais. XI Encontro Latino Americano de Iniciação Cientifica, Paraíba, 2007. Disponível em: http://www.inicepg.univap.br/cd/INIC_2007/trabalhos/saude/epg/EPG00322_01C.pdf. Acesso em: 21/02/2012. TORIANE, Ana Lúcia Trinquinato; OLIVEIRA, Lourenço de. Ruta graveolens L.: O conhecimento e suas particularidades. 2006. 70p. Monografia de especialização Faculdades Integradas “espitira”. Curitiba, 2006. TOVANI BENZAQUEN INGREDIENTES. Os antioxidantes. Food Ingredientes Brasil, n.6, 2009. Disponível em: http://www.revista-fi.com/materias/83.pdf. Acesso em: 14/12/2011. VICENTINO, Amanda R. R; MENEZES, Fábio de Sousa. Atividade antioxidante de tinturas vegetais, vendidas em farmácias com manipulação e indicadas para diversos tipos de doenças pela metodologia do DPPH. Revista brasileira de farmacognosia. Jõao Pessoa, v.17, 2007. 48 VICTORIA, Francine Novack; SAVEGNEGO, Lucielli; LENARDÃO, Eder Jõao. Atividade antioxidante in vitro do óleo essencial de Pitanga. XIII ENPOS. Londrina, 2011. Disponível em: http://www.ufpel.edu.br/enpos/2011/anais/pdf/CB/CB_00360.pdf. Acesso em: 09/04/2012. ZOPPI, Cláudio César. Radicais Livres, antioxidantes, estresse oxidativo e atividade física. Diálogos possíveis, v. 3, n.1, p. 185- 195, 2004.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/1133
Data do documento: 16-Abr-2012
Aparece nas coleções:Licenciatura em Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Texto final...pdf5,01 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.