Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/1109
Tipo: Dissertação
Título: "Eu que plantei”: educação ambiental frente ao consumo de agrotóxicos nos alimentos
Título(s) alternativo(s): “I who planted”: environmental education regarding the consumption of pesticides in food
Autor(es): Martins, Gustavo Carvalho da Rocha Lima
Primeiro Orientador: Oliveira, Alessandro Silva de
metadata.dc.contributor.referee1: Paredes, Joaquin
metadata.dc.contributor.referee2: Silva Neto, Carlos de Melo
metadata.dc.contributor.referee3: Araújo, Claudia Helena dos Santo
Resumo: Esta pesquisa correspondeu fundamentalmente à elaboração de um instrumento formativo para a Educação Ambiental, voltada para os professores da Rede Municipal de Ensino Básico de Anápolis, os alunos e seus familiares, com o objetivo principal de constituir posturas mais conscientes frente ao consumo de agrotóxicos nos alimentos. Ela apresenta um Produto Educacional constituído por uma plataforma interativa no formato de um blog e um kit de plantio de alimentos, identificados com o nome “Eu Plantei”. A pesquisa foi desenvolvida no campo da Educação Ambiental Crítica, cuja perspectiva se fundamenta nos propósitos de ser desveladora e comprometida com a transformação dos contextos sociais e a formação de pessoas capazes de identificar, questionar, propor soluções e agir perante as questões socioambientais. Mesmo no período da pandemia da COVID–19 e diante de um cenário de inseguranças que expôs as pessoas ao risco inusitado de vida, centramos nossa atenção no risco permanente pela ingestão de agrotóxicos nos alimentos. Acreditamos que as poucas preocupações a respeito do consumo de venenos decorrem da falta de informações sobre os malefícios que os agrotóxicos podem causar nos consumidores, sendo este o nosso problema de pesquisa. Com isso, nos fizemos a seguinte pergunta: “De qual(is) maneira(s) o Produto Educacional pode contribuir para a constituição de posturas conscientes frente ao consumo de agrotóxicos nos alimentos por meio da Educação Ambiental Crítica?” Assumimos como hipótese que a conjugação da plataforma virtual com as oficinas pode constituir uma práxis formativa na constituição de posturas sustentáveis frente ao consumo de alimentos com agrotóxicos. Nesse sentido, concluímos que a proposta do blog articulada à oficina prática pode permitir o engajamento e discussão dos participantes, pois serve como instrumento de diálogo, troca de informações e experiências entre todos de modo que os sujeitos se tornam os atores centrais do próprio processo formativo.
Abstract: This research fundamentally corresponded to the elaboration of a training instrument for Environmental Education, aimed at teachers, children and their families from the Municipal Basic Education Network of Anápolis, with the main objective of constituting more conscious attitudes towards the consumption of pesticides in food. It presents an educational product consisting of an interactive platform in the format of a Blog and a food planting kit, named “Eu Plantei”. It was developed inside the Critical Eenvironmental Education, based on the purposes of helping studentes become aware of the transformation of social contexts and training people capable of identifying, questioning, proposing solutions and acting on socio-environmental issues. Even during the COVID-19 pandemic period and facing a scenario of insecurities that exposed people to the unusual risk of life, we focused our attention on the permanent risk of eating pesticides in food. We believe that the few concerns about the consumption of poisons arise from the lack of information about the harmful effects that pesticides can cause on consumers. With that in mind, we asked ourselves the following question: "In wich ways can the educational product contribute to the constitution of conscious attitudes towards the consumption of pesticides in food through Critical Environmental Education?" We assume as a hypothesis that the combination of the virtual platform with the workshops can constitute a formative praxis in the constitution of sustainable postures, in face of the consumption of food with pesticides. In this sense, we conclude that the blog proposal articulated the practical workshop can allow the engagement and discussion of the participants, as it serves as an instrument of dialogue, exchange of information and experiences among all so that the subjects become the central actors of the training process itself.
Palavras-chave: instrumento educacional
educação ambiental crítica
agrotóxicos
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Insitituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Sigla da Instituição: IFG
metadata.dc.publisher.department: Câmpus Anápolis
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação Profissonal e Tecnológica
Citação: MARTINS, Gustavo Carvalho da Rocha Lima.“Eu que plantei”: educação ambiental frente ao consumo de agrotóxicos nos alimentos. 2021. Dissertação ( Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica ) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás – Campus Anápolis, Anápolis - GO, 2021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/1109
Data do documento: 25-Fev-2021
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Gustavo Carvalho da Rocha Lima Martins.pdf5,04 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.