Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/1087
Tipo: Dissertação-extra-ifg
Título: As bibliotecas e as mídias sociais: o uso do Facebook pelas bibliotecas das universidades federais brasileiras
Título(s) alternativo(s): Libraries and social media: the use of Facebook by the libraries of Brazilian federal universities
Autor(es): Peixoto, Suzane Gonçalves Duarte
Primeiro Orientador: Santos, Andréa Pereira dos
metadata.dc.contributor.referee1: Santos, Andréa Pereira dos
metadata.dc.contributor.referee2: Martins, Dalton Lopes
metadata.dc.contributor.referee3: Elias Jr, Alberto Calil
Resumo: Com o advento das Tecnologias da Informação e da Comunicação emergiram novas concepções, novas práticas e também novas exigências. A comunicação passou a ser entendida enquanto um campo de troca e de interação e não mais como um processo linear, no qual o emissor tem supremacia sobre o receptor passivo. Ocorreu também à disjunção entre o espaço e o tempo, o que contribuiu para ampliação dos campos de trocas comunicacionais. As práticas comunicativas deixaram de ser realizadas apenas face a face e no mesmo espaço temporal, para acontecer também no ciberespaço por meio das redes de computadores. A comunicação ocorre agora, principalmente, por meio da internet e das mídias sociais enquanto sites na internet que permitem aos usuários maior possibilidade de interação e participação. Elas se apresentam como recursos importantes para ampliar a comunicação entre as bibliotecas universitárias e os usuários. Dessa forma essa pesquisa tem como objetivo geral identificar os usos do Facebook pelas bibliotecas das universidades federais brasileiras em suas práticas comunicativas. E como objetivos específicos: identificar as bibliotecas das universidades federais brasileiras; identificar quais dessas bibliotecas universitárias fazem uso de mídias sociais; analisar o conteúdo das publicações realizadas por elas no Facebook e identificar para quais finalidades as bibliotecas das universidades federais brasileiras usam o Facebook. Sob a perspectiva desses objetivos essa pesquisa se classifica como descritiva – exploratória e do ponto de vista da abordagem do problema caracteriza-se como quali-quanti. Foi estruturada em quatro etapas: a primeira consistiu no levantamento de informações sobre as bibliotecas das universidades federais brasileiras e na definição da amostra; na segunda etapa buscou-se identificar o uso de mídias sociais pelas bibliotecas; a terceira etapa compreendeu na coleta de dados nas páginas das bibliotecas no Facebook e a quarta etapa consistiu na análise de conteúdo das publicações realizadas pelas bibliotecas das universidades federais brasileiras no Facebook. O levantamento demonstrou que existem 655 bibliotecas universitárias (centrais e setoriais) presentes em todas as regiões brasileiras. Verificou-se que desse total apenas 48,2% das bibliotecas usam algum tipo de mídia social, sendo o Facebook, o Twitter e o Blog os mais usados por elas. Coletou-se os dados de 227 bibliotecas que possuem uma página no Facebook e a partir da análise de conteúdo das publicações identificou-se que as bibliotecas usam suas páginas no Facebook, principalmente, pra informar sobre seus produtos e serviços oferecidos. Diante dos resultados e com base no referencial teórico percebe-se que as bibliotecas das universidades federais brasileiras têm incorporado as mídias sociais em suas práticas comunicativas, mas isso ainda ocorre de forma não planejada na maioria delas. Além disso, elas possuem atitudes que não contribuem para serem consideradas bibliotecas 2.0.
Abstract: With the advent of Information and Communication Technologies new conceptions, new practices and new requirements have emerged. Communication became understood as a field of exchange and interaction and no longer as a linear process, in which the sender has supremacy over the passive receiver. It also occurred to the disjunction between space and time, which contributed to the expansion of the fields of communication exchanges. Communicative practices ceased to be carried out only face-to-face and in the same space of time, to happen also in cyberspace through computer networks. Communication now occurs mainly through the internet and social media as internet sites that allow users greater possibility of interaction and participation. They are presented as important resources to increase communication between university libraries and users. Thus, the general objective is to identify the uses of Facebook by the libraries of the Brazilian Federal Universities in their communicative practices. And as specific objectives: to identify the libraries of the Brazilian Federal Universities; identify which of these university libraries make use of social media; analyze the content of the publications made by them on Facebook and identify for what purposes the libraries of Brazilian federal universities use Facebook. According to these objectives this research is classified as descriptive - exploratory and from the point of view of the problem approach is characterized as quali-quanti. This research was structured in four stages. The first stage consisted in the collection of information about the libraries of the Brazilian federal universities and the definition of the sample. The second step was to identify the use of social media by libraries. The third step involved in collecting data on the pages of the libraries on Facebook. The fourth step consisted in the content analysis of the publications carried out by the libraries of the Brazilian federal universities on Facebook. The survey showed that there are 655 university libraries (central and sectoral) spread throughout Brazil, present in all Brazilian Federal Universities. It was verified that of this total only 48.2% of the libraries use some type of social media, being Facebook, Twitter and Blog the most used by them. From the analysis of content of the publications it was identified that the libraries use their pages in Facebook, mainly, to talk about its products and services offered. Given the results and based on the theoretical reference, it is noticed that the libraries of Brazilian federal universities have incorporated social media into their communicative practices, but this still occurs in an unplanned way in most of them. In addition, they have attitudes that do not contribute to 2.0 libraries.
Palavras-chave: bibliotecas universitárias
mídias sociais
Facebook
práticas comunicativas
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO::BIBLIOTECONOMIA::PROCESSOS DE DISSEMINACAO DA INFORMACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Goiás
Sigla da Instituição: UFG
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Comunicação
Citação: PEIXOTO, Suzane Gonçalves Duarte. As biblioteca e as mídias sociais: o uso do Facebook pelas bibliotecas das universidades federais brasileiras. 2018. 200 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado em Comunicação, Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/1087
Data do documento: 25-Jun-2018
Aparece nas coleções:Teses e Dissertações defendidas extra IFG

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.