Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/1030
Tipo: Dissertação
Título: Princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão (PIEPE) no IFG
Título(s) alternativo(s): Principle of inseparability between teaching, research and extension (PIEPE) in IFG
Autor(es): Dias, Lucas Vinícius
Primeiro Orientador: Brito, Wanderley Azevedo de
metadata.dc.contributor.referee1: Brito, Wanderley Azevedo de
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Carlos Cardoso
metadata.dc.contributor.referee3: Parreira, Gizele Geralda
Resumo: Este trabalho discute o princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão (PIEPE) nas universidades, que, expresso na Constituição Federal do Brasil, também alcança os Institutos Federais, integrantes da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (RFEPCT). Nesse contexto, a presente pesquisa tem como objetivo verificar o nível de alinhamento do Instituto Federal de Goiás (IFG) a esse princípio, investigando se o dispositivo constitucional tem sido observado, bem como se há um desequilíbrio no tripé EPE (ensino, pesquisa e extensão). Para tanto, examinaram-se documentos da instituição a partir da metodologia Análise de Conteúdo pautada em Bardin (1977), sob uma abordagem quali-quantitativa, balizada por indicadores. Em razão das características e finalidades dos Institutos Federais não é possível traçar paralelismos simples entre suas funções precípuas (EPE) e as das universidades (EPE). Dessa forma, a pesquisa aborda o processo de constituição do PIEPE no Brasil e suas heranças na RFEPCT, contextualizando o IFG ao referido princípio e aos modelos de educação superior (napoleônico, humboldtiano e norte-americano). Nesse contorno, a pesquisa considera ainda os tensionamentos na constituição da identidade dos Institutos Federais e a complexidade das finalidades e características das instituições integrantes da RFEPCT, que, segundo a Lei nº 11.892/2008, devem desenvolver atividades de EPE em todos os níveis e modalidades da EPT (Educação Profissional e Tecnológica). Os pressupostos teóricos que fundamentam este estudo amparam-se numa concepção sistêmica de Ensino, Pesquisa e Extensão (EPE), rompendo com uma visão fragmentada do assunto. Destacam-se, assim, as contribuições teóricas de Puhl (2016), Tauchen (2009), Gonçalves (2015) e outros. A partir da análise dos indicadores de frequência, presença e coocorrência, verificou-se que há uma menor focalização das atividades de extensão em comparação com as demais do tripé, revelando um descompasso nessa direção. Outro achado diz respeito ao elevado nível de omissão da temática Indissociabilidade no conteúdo documental. Os resultados também revelam inconformidades quanto à disposição e organização documental. Diante disso, desenvolveu-se um Produto Educacional (PE) destinado a mapear essas inconformidades, indicando medidas para superá-las, com a finalidade de contribuir para que o IFG eleve o nível de alinhamento do seu marco regulatório ao princípio constitucional da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão. Sob a forma de um Manual, o PE intitulado ―Transparência de Informação EPE: Redução de Inconformidades na Comunicação de Documentos Institucionais‖ reafirma a importância de se aprimorar o planejamento das atividades de ensino, pesquisa e extensão de forma integrada, sob uma perspectiva sistêmica, envolvendo, ainda, processos de gestão, como a adequação do sítio eletrônico institucional. Os resultados evidenciam, portanto, a existência de desalinhamentos tanto no conteúdo dos documentos selecionados, quanto na forma como eles são disponibilizados à sociedade. Assim sendo, verifica-se que o nível de alinhamento da instituição ao PIEPE ainda se encontra bastante incipiente, demandando várias iniciativas de melhoria. Se por um lado identificaram-se fragilidades, por outro, emergem possibilidades, que podem suscitar avanços, a fim de se fortalecer a observância ao PIEPE no âmbito do IFG, e, consequentemente, em outras instituições de mesma natureza.
Abstract: This paper discusses the principle of inseparability between teaching, research and extension (PIEPE) in universities, which, expressed in the Federal Constitution of Brazil, also reaches the Federal Institutes, members of the Federal Network of Professional, Scientific and Technological Education (RFEPCT). In this context, this research aims to verify the level of alignment of the Federal Institute of Goiás (IFG) with this principle, investigating whether the constitutional provision has been observed, as well as if there is an imbalance in the EPE tripod (teaching, research and extension). To this end, the institution's documents were examined using the Content Analysis methodology based on Bardin (1977), under a qualitative and quantitative approach, guided by indicators. Due to the nature and purposes of the Federal Institutes, it is not possible to draw simple parallels between their primary functions (EPE) and those of universities. Thus, a research addresses the process of constituting the PIEPE in Brazil and its inheritances in the RFEPCT, contextualizing the IFG to that principle and to the models of higher education (Napoleonic, Humboldtian and North American). In this outline, the research also considers the tensions in the constitution of the identity of the Federal Institutes andthe complexity of the purposes and characteristics of the institutions that make up the RFEPCT, which, according to Law nº 11.892/2008, must develop EPE activities at all levels and modalities EPT (Professional and Technological Education). The theoretical assumptions that support this study are supported by a systemic conception of Teaching, Research and Extension (EPE), breaking with a fragmented view of the subject. Thus, the theoretical contributions of Puhl (2016), Tauchen (2009), Gonçalves (2015) and others stand out. From the analysis of the indicators of frequency, presence and co occurrence, it was found that there is less focus on extension activities compared to the others on the tripod, revealing a mismatch in this direction. Another finding concerns the high level of omission of the theme Inseparable in the documentary content. The results also reveal non-conformities regarding the arrangement and organization of documents. In view of this, an Educational Product (PE) was developed to map these nonconformities, indicating measures to overcome them, with the purpose of helping the IFG to raise the level of alignment of its regulatory framework with the constitutional principle of inseparability between teaching, research and extension. In the form of a Manual, the EP entitled ―EPE Information Transparency: Reducing Unconformities in the Communication of Institutional Documents‖ reaffirms the importance of improving the planning of teaching, research and extension activities in an integrated manner, from a systemic perspective, also involving management processes, such as the adaptation of the institutional website. The results show, therefore, the existence of misalignments both in the content of the selected documents and in the way they are made available to society. Therefore, it appears that the level of alignment of the institution with the PIEPE is still quite incipient, requiring several improvement initiatives. If, on the one hand, weaknesses were identified, on the other, possibilities arise, which can give rise to advances, in order to strengthen compliance with PIEPE within the scope of the IFG, and, consequently, in other institutions of the same nature
Palavras-chave: indissociabilidade
ensino
extensão
IFG
CNPq: Educação
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Insitituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Sigla da Instituição: IFG
metadata.dc.publisher.department: Câmpus Anápolis
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação Profissonal e Tecnológica
Citação: DIAS, Lucas Vinícius. Princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão (PIEPE) no IFG. 2020. Dissertação (Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica) – Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Goiás, Anápolis, 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifg.edu.br:8080/handle/prefix/1030
Data do documento: 17-Dez-2020
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação LUCAS.pdf4,88 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.