Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifg.edu.br/handle/prefix/248
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: A ação social da Igreja Católica com a juventude por meio das Campanhas da Fraternidade de 1992 e 2013
Título(s) alternativo(s): The Social action of the Catholic Church with the youth through the fraternity Campaigns of 1992 and 2013
Autor(es): Matos, Danyelle de Brito Peçanha
Sousa, Edjairo Madeira de
Primeiro Orientador: Souza, Clóvis Henrique Leite de
Resumo: O objetivo dessa pesquisa é compreender como se dá a ação da Igreja Católica com a juventude por meio das campanhas da fraternidade, que são instrumentos da Igreja para promoção de ações na sociedade, entendendo também a participação da própria juventude por meio da Pastoral da Juventude na realização dessas ações. Utilizamos as campanhas cujo tema foi voltado para a juventude, realizadas em 1992 e 2013. Os resultados alcançados apontam para uma juventude, que passa por transformações entre as duas realizações das campanhas sobre a juventude, além de ser responsável por uma grande mudança nas ações da Igreja. O jovem da campanha de 1992 corresponde bem ao propósito das campanhas, pois são engajados e unidos na busca de transformações que ultrapassam as paredes da Igreja e alcançam a sociedade em sua volta. Já o jovem de 2013 segue uma linha totalmente contrária, pois, influenciado por uma era neoliberal, não tem mais interesse para pensar em assuntos sociais, porque ele passa a ser influenciado pelo individualismo e deixa de colocar em prática ações solidárias, a fim de mostrar um resultado eficaz na sociedade. Com isso, as campanhas vêm sofrendo para se manterem vivas, mesmo que ainda haja incentivo da própria Igreja, a comunidade não corresponde como o esperado. Com a pesquisa, percebemos também uma instituição que tem em seus ideais e princípios a fim de efetivar resultados positivos para a sociedade, mas que tem tido desafios para efetiva-los.
Abstract: The purpose of this research is to understand how the action of the Catholic Church with the youth takes place through the campaigns of the fraternity, that are instruments of the Church to promote actions in society. Understanding also the participation of the youth itself through the Youth Ministry in carrying out these actions. We use campaigns oriented to the youth people fulfilled in 1992 and 2013. The results achieved point to a youth that undergoes transformations between the two achievements of the campaigns on youth, besides being responsible for a great change in the actions of the Church. The youth of the campaign of 1992 corresponds well to the purpose of the campaigns, because are engaged and united in the search transformations that go beyond the walls of the Church and reach the society around them. The youth of 2013 follow a completely contrary line, because, influenced by a neoliberal era, there is not any interest to think about social subjects, because they are influencing by the individualism and forget to put into practice, actions, in order to showing an effective result in society. Thereby, the campaigns have been suffering to stay alive, even if there is an incentive of the Church itself, the community does not correspond as expected. According to the research, we have had as results an institution that has in its ideals and principles in order to achieve positive results for society, but that has challenges to make them effective.
Palavras-chave: Igreja Católica
Campanhas da Fraternidade - Igreja Católica
Pastoral da Juventude - Igreja Católica
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Insitituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Sigla da Instituição: IFG
metadata.dc.publisher.department: Câmpus Formosa
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifg.edu.br/handle/prefix/248
Data do documento: 14-Mar-2019
Aparece nas coleções:Licenciatura em Ciências Sociais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.