Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ifg.edu.br/handle/prefix/134
Tipo: Dissertação
Título: Terminologias no ensino de química para surdos em uma perspectiva bilíngue
Autor(es): Marques, Anahê Netto Leão
Primeiro Orientador: Longhin, Sandra Regina
Resumo: Este trabalho teve como objetivo a promoção da alfabetização científica como processo educativo libertador, por meio de um estudo epistemológico da comunicação entre os surdos quanto à apropriação de conceitos científicos e sua expressividade na língua portuguesa em sua modalidade escrita. A dificuldade dos alunos surdos frente à internalização de conceitos científicos pode ser compreendida pela própria historicidade educacional referente a estes sujeitos, assim como pelo nível de abstração que envolve o ensino de química, a carência de sinais específicos para terminologias científicas e aulas que não respeitam a identidade e cultura surda, ou seja, pautadas na proposta bilíngue. A metodologia constituiu em uma abordagem qualitativa de natureza participante, visto que a pesquisadora é professora regente da turma e compartilha da vivência dos sujeitos pesquisados. Inicialmente, foi feito vasto levantamento bibliográfico sobre a historicidade do surdo, a fim de compreender a real situação em que a comunidade surda se encontra. Como referencial teórico foram citados autores que sustentam o bilinguismo como filosofia. A pesquisa foi realizada em uma escola conveniada com a Associação dos Surdos de Goiânia em uma turma do 9º ano, foram realizadas atividades sobre o tema estados físicos da matéria, envolvendo práticas experimentais dentro de um contexto bilíngue. Todos os encontros foram filmados para a observação da comunicação entre eles durante a realização das atividades, com o intuito de compreender como eles sinalizavam as terminologias químicas que muitas vezes não apresentam equivalência na Língua Brasileira de Sinais (Libras). Os novos sinais surgiram naturalmente no decorrer do desenvolvimento da pesquisa, eles foram compilados e organizados com o grupo de trabalho resultando em um glossário, a fim de facilitar a comunicação entre surdos e ouvintes bilíngues assim como na compreensão de conteúdos futuros que utilizam de tais conceitos, quanto à escrita em língua portuguesa, como segunda parte avaliativa, a pesquisa apontou avanços frente aos conceitos internalizados, o que demonstra o sucesso da prática bilíngue. Como produto final da pós-graduação foi elaborado um material instrucional sobre estados físicos da matéria com o glossário em anexo
Abstract: This work was as its objective the promotion of scientific literacy as a liberating educational process through an epistemological study of communication among the deaf regarding the appropriation of scientific concepts and their expression in the Portuguese language in its written form. The difficulty of deaf students facing the internalization of scientific concepts can be understood by the very educational historicity regarding these subjects, as well as the level of abstraction that involves teaching chemistry, the lack of specific signs for scientific terminology and classes that do not respect the identity and deaf culture, in other words, guided by the bilingual proposal. The methodology consisted of a qualitative approach to a participant nature, since the researcher is a regent classroom teacher and share the experience of the individuals. Initially, it was made an extensive literature survey on the historicity of the deaf in order to understand the real situation the deaf community finds itself. As theoretical underpinning, were cited authors that base bilingualism as philosophy. The research was conducted in a school convened with the Deaf Association of Goiania in a class of 9th grade, activities on the topic physical states of matter, involving experimental practices within a bilingual context were conducted. All encounters were videotaped to observe the communication between them during the performance of activities in order to understand how they signed chemical terminologies that often have no equivalent in Brazilian Sign Language (Libras). New signs emerged naturally in the course of development of the research, they were compiled and organized with working group, resulting in a glossary in order to facilitate communication between deaf and bilingual listeners as well as the understanding of future content that use such concepts as writing in Portuguese as a second part evaluative, the research indicated advances as to the internalized concepts which demonstrates the success of bilingual practice. As a final product of the post-graduate course, it was drafted an instructional material about physical states of matter with the glossary attached
Palavras-chave: Bilinguismo. Ensino de Química. Glossário.
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Insitituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Sigla da Instituição: IFG
metadata.dc.publisher.department: Câmpus Jataí
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação para Ciências e Matemática
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ifg.edu.br/handle/prefix/134
Data do documento: Nov-2014
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional em Educação para Ciências e Matemática

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação-Anahê Netto Leão Marques-2014 (.pdf 1069 kb).pdf1,07 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.